cao akita inu

Características do Akita Inu

Assim como o sumô e as gueixas, a espécie Akita é vista como uma parcela importante do legado nacional do Japão. Esta espécie também é bastante popular no país por ser considerada como um autêntico amuleto da sorte. A designação da raça Akita Inu possui duas significações: “Inu” é derivada do termo “cão”, no idioma nipônico; e “Akita” é oriundo de uma região situada em Honshu. Além das primeiras espécies da raça Akita Inu terem vindo só a partir do século XV, na verdade, determinados estudiosos garantem que o aparecimento da espécie ocorreu por cerca de quatro mil anos atrás. O Akita Inu, inicialmente, foi utilizado ao longo de diversos anos como um cão de defesa e ataque, já que essa espécie era classificada como de estatura grande.Os soldados norte-americanos, durante a Segunda Grande Guerra, adquiriram filhotes dessa espécie, após um homem acasalar uma cadela da raça “Akita” com um cão da raça “Pastor Alemão”. A partir desse momento, a espécie canina intitulada de Akita inu Americano foi criada, se tornando famoso de maneira muito rápida e passando a ser comercializada em várias localidades do planeta. Ambas as raças, “Akita Americano” e “Akita Inu”, ainda coexistem entre si.

Características Físicas do Akita Inu

A espécie Akita conta com uma fisionomia que assemelha-se a dos lobos. Os cachorros machos da raça Akita medem em média 65 até 70 cm em estatura da cernelha e as cadelas entre 57 até 63 cm. O peso da espécie difere de 33 a 50 quilos. Sua pelagem mostra-se de forma dupla, sendo que a pelagem do alto é reta e dura e o subpelo condensado e macio.A testa do cão Akita Inu é bastante extensa, o chanfro um tanto quanto delineado e a caixa craniana é bem grande e achatada. O focinho do Akita Inu vai se estreitando progressivamente e o seu comprimento é bastante moderado. Os olhos da espécie são bem afastados e são constituídos em um ângulo obtuso, seus olhos são castanhos, levemente pequenos equivalentes aos Spitz. Suas orelhas se apresentam de forma eretas e grossas, triangulares e com pontas arredondadas, parecem ligeiramente inclinadas para frente e portadas de forma ereta.O seu peitoral é largo e bastante profundo, possuindo um pescoço bastante vigoroso, inclusive sem nenhuma papada. Além disto, o seu dorso é robusto e resistente, e suas costelas são relativamente curvadas. A parte de trás é bastante expandida. Suas patas são poderosas e redondas e sua cauda de inserção alta é grande, forte, espessa e enrolada sobre o dorso.

Pelagem do Akita Inu

As temperaturas podem estar frias, mas a pelagem do Akita Inu busca manter a sua temperatura aquecida, uma vez que os seus pelos são bem impermeáveis. Em especial, a raça Akita possui uma pelagem bem dura e o pelo inferior oleoso, fazendo com que eles sejam excelentes caçadores embaixo da água. O seu subpelo é condensado, bem oleoso e muito sedoso, já a sua pelagem superior é resistente, retilínea e bem alisada. A cernelha e a garupa são revestidas com um pelo um tanto mais comprido e na cauda o pelo é mais alongado do que o restante do corpo.
A pelagem do Akita tem muitas tonalidades: sésamo (avermelhado com as pontas escurecidas), branco, tigrado e vermelho-fulvo.
Além de tudo, independente de todas as cores que possuir, as pelagens necessariamente devem possuir a coloração Urajiro, quer dizer, na parte lateral do focinho, ventre e pescoço, embaixo da cauda e bochechas, e ainda no lado interno das patas vai haver um pelo esbranquiçado.
A sua pelagem é mudada duas vezes anualmente. Essa troca de pelo é bastante abundante e é capaz de levar mais de um mês. Eles se lambem frequentemente, precisamente como os bichanos, devido a isso eles conservam-se limpos por bastante tempo. Os Akitas não possuem necessidade de tomar banho com muita frequência, já que isso pode gerar uma perda considerável de oleosidade em sua pelagem, já que eles fazem a sua higiene habitualmente. As escovações devem ser executadas regularmente.

Temperamento do Akita Inu

O Akita é um cão leal, manso, de temperamento primordialmente manso e gentil. É considerado um cão territorial, corajoso, destemido, costuma guardar tanto a parentela quanto a residência.
É astuto e disciplinado, porém apresenta-se como uma raça mais adequada para donos mais experientes, que saibam ganhar a confiança do cão e disciplinar o animal com equilíbrio e harmonia.O Akita não costuma ser intolerante com pessoas que ele não conhece, no entanto tende a se mostrar indiferente às indivíduos estranhos à sua rotina. De caráter forte e certas vezes dominante, determinados exemplares podem se mostrar pouco tolerantes em relação a outros cães, particularmente os de mesmo sexo. A fim de que o Akita possua uma melhor convivência com outros cães, o melhor é que sua convivência comece o mais cedo possível. O recomendável a fim de que o cachorro Akita Inu não fique agressivo e excessivamente possessivo é que ele seja ensinado desde pequeno, assim o Akita Inu poderá se tornar mais sociável.

Vantagens de ter um Akita Inu

cães Akita inu se dão muito bem com crianças, especialmente os que já estão habituados a coabitar com elas o dia inteiro. Mesmo que possam estranhar no começo de uma convivência, os Akitas Inus conseguem relacionar-se pacificamente com outras pessoas e inclusive com crianças muito agitadas. Apesar de serem bastante vocativos, os exemplares da espécie Akita Inu não são muito de latir.Os Akitas Inus são muito defensores, seja de sua propriedade ou dos indivíduos a sua volta, o que faz deles extraordinários cachorros protetores, além disso, eles se sobressaem por sua esperteza e sensibilidade. Ocupando a posição de nº 54 na lista que ranqueia os cães mais inteligentes do planeta, o Akita pode ser facilmente ensinado sendo que, assim como a grande maioria das espécies de cães, pode aprender com mais rapidez e intensidade no momento em que os ensinamentos são fundados ainda na fase de filhote.

Problemas do Akita Inu

O Akita Inu vive em mediana até os 12 anos. Além disto, eles são predispostos a displasia em seus quadris ou em seus cotovelos, tudo isto provocado por conta do seu porte. Certos problemas oftalmológicos também tem o hábito de ser um tanto habituais nos cachorros da espécie, como a atrofia da retina (que pode chegar a ocasionar cegueira) e o entrópio, disfunção que faz com que as pálpebras do animal se virem para o interior e firam sua córnea.A epilepsia também é uma complicação que pode aparecer ao longo da vida do cachorro dessa raça distinta e, em decorrência dos muitos problemas que são capazes de se expressar na saúde do Akita Inu, é importante que os donos de um exemplar da espécie como animal doméstico os levem para consultas periódicas com médicos veterinários com o intuito de assegurar o bem-estar do animal e precaver ou identificar precocemente uma série de doenças.Só os cachorros socializados prematuramente apresentam a inclinação para coabitar com os demais animais.

Como cuidar do Akita Inu

Akitas podem viver em casas com muito espaço ou prédios, mas o exercício físico diário, como caminhadas, é crucial para o bom andamento da estado de saúde do seu cachorro. O Akita precisa passear todos os dias, principalmente se viver em prédios ou pequenas casas onde não existe bastante espaço para ele. Já quem mora em residência ou tem grandes espaços e quintais cercados deve deixar os cachorros soltos para que consigam se exercitar livremente.No que se refere a cuidados com a saúde, é muito importante lembrar que a pelagem dos Akitas deve ser escovada diariamente ou, pelo menos, semanalmente, evitando os nós nos pelos e o acúmulo de sujeira que tem probabilidade de ocasionar problemas de pele como a dermatite.Estes cachorros têm um apetite voraz, por isso uma refeição equilibrada é crucial para que possam crescer com muita saúde.A boa limpeza é essencial pra a saúde completa do seu Akita. Para que seu cachorro Akita não se contamine e contraia nenhum tipo de problema por bactérias, o local onde ele vai se estabelecer deve estar bem limpo todo o dia. A boa limpeza inclusive evita problemas de saúde vindouros. A higiene é importante independente da raça, entretanto, no caso do cachorro Akita, é ainda mais essencial. O local onde ele irá ficar deve ser bem higiênico e, em seguida, deve estar bem seco, para que o chão não esteja úmido e, o cachorro Akita ao se deitar, não deite na umidade, pois esta pode fazer com que ele obtenha fungos na sua pelagem e as demais bactérias.

Filhotes do Akita Inu

Um bicho de pelúcia pode ser bem menos fofinho do que um filhotinho de cão Akita Inu. Você deve expor a seu cachorro Akita Inu que você é quem está no controle. Pela personalidade dominadora e forte do cachorro Akita, esse deve ser ensinado o quanto antes a fim de que ele saiba quais são os limites.No geral, os cão Akita são uma das espécies mais fáceis de se higienizar. cachorro Akita Inu amam estar na companhia de seus donos, embora eles sejam bastante calmos em ficar sozinhos. Os cachorros Akita Inu são predispostos em se entediar e estragar os seus pertences pela casa, então uma boa forma de evitar qualquer constrangimento é passear com eles constantemente.A personalidade de um cachorro Akita é genética, ou seja, ao optar colocar um filhote de Akita veja seus pais, assim você entenderá como o seu cachorrinho irá se comportar. Com a finalidade de evitar problemas vindouros, busque um petshop ou um canil adequado e confiável. pesquise a reputação do vendedor e analise se vale a pena obter qualquer cachorro no local onde você irá adquiri-lo. Observe ainda o costume dos filhotes na ninhada. O temperamento do Akita difere de espécie para espécie. Alguns serão mais espertos, outros serão mais obedientes, estes necessitarão de bastante pulso firme para serem adestrados.

Curiosidades sobre o Akita Inu

O Akita Inu foi gerado nas regiões noro-orientais do Japão para a prática da caça grossa, ou seja, o cachorro era utilizado pra caçar cervos e ursos.O cão Hachiko, conhecido por ter esperado vários anos por seu dono em uma estação de trem, ganhou um filme intitulado “Sempre Ao Seu Lado”, estrelado pelo astro “Richard Gere”. Mesmo depois do óbito de seu proprietário, Hachiko retornou para a estação colocar mais de 10 anos, sempre aguardando que seu proprietário voltasse. Isso ocorreu até o último dia de sua vida.

Deixe uma resposta